• DO TIRAR POLO NATURAL

    Inquérito ao retrato português

Nesta exposição estão reunidas cerca de 200 obras, de múltiplas disciplinas artísticas, provenientes de instituições e colecionadores nacionais, bem como de prestigiosas instituições internacionais, como o Museo del Prado, o Groeningemuseum de Bruges, a Galleria Nazionale di Parma ou os Musées Royaux des Beaux-Arts de Belgique.
Partindo de obras realizadas por artistas nacionais que retratam personagens portuguesas, organiza-se uma exposição-ensaio, um inquérito sobre o poder do retrato, uma reflexão sobre a representação e o tirar polo natural tal como o definiu, no século XVI, Francisco de Holanda, o primeiro teórico do retrato europeu.
A mostra cruzará épocas históricas distintas, não se cingindo às classificações tradicionais de estilos, categorias ou géneros, propondo antes uma montagem determinada por um olhar contemporâneo sobre a história do género, quer nos dispositivos de apresentação, quer na aproximação de obras que, aparentemente, não estariam predispostas a ser confrontadas.

Comissários: Anísio Franco, Filipa Oliveira e Paulo Pires do Vale

INAUGURAÇÃO
28 junho | 18h30